domingo, 3 de junho de 2012

EXPOSIÇÃO DA AMAZÔNIA - CCBB

por Julieta El-Khouri

Está aberta a exposição "Amazônia - Ciclos da Modernidade", realizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil. É a história da Amazônia contada a partir do século 18, mostrando as raízes culturais do seu povo e permitindo reflexões sobre os problemas ambientais que envolvem a região.
O acervo conta com 300 peças sobre a cultura amazônica, que reúne fotografias, pinturas, objetos, esculturas e vídeos.
Veja algumas fotos.

foto: Veronica Hartmann

foto: Veronica Hartmann
roupas Maias - filha do Rei Rabinajaw

foto: Veronica Hartmann


invertia.terra.com

Aberta, no Rio, Exposição Amazônia - Ciclos da Modernidade

30 de maio de 2012 10h30 atualizado às 10h48  
 
O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no Rio abre a Exposição Amazônia - Ciclos da Modernidade, com curadoria de Paulo Herkenhoff, que 'conta' a história da Amazônia a partir da produção artística.

A mostra apresenta um retrato da região em dez salas. Uma delas é ocupada com objetos da coleção de etnografia do Museu Paraense Emílio Goeldi. Os objetos expostos compreendem o século 18, passando pelo Iluminismo, ciclo da borracha, modernismo e contemporaneidade.

Segundo o curador da exposição do Museu Goeldi, Nelson Sanjad, o objetivo é apresentar o saber sobre a Amazônia construído sob a luz do modelo de modernidade produzido pelo capital acumulado com a borracha.

Em janeiro, o curador e crítico de arte Paulo Herkenhoff visitou o Museu Goeldi buscando dados para organizar a exposição Amazônia, ciclos de modernidade. Na ocasião, Herkenhoff conheceu as coleções etnográfica e arqueológica do museu e declarou: "Apenas corroboro o que todos acham. O Museu Goeldi é um dos centros básicos da cultura do País. Aqui está a alma mais profunda do Brasil."

Nenhum comentário:

Postar um comentário